Saúde Animal

Julgamentos da 58ª EXPO Rio Preto começam com as raças Nelore, Gir Leiteiro e Mangalarga Marchador

Rodeio Play

Provas e julgamentos serão transmitidos pelos canais de Youtube da 
Prefeitura de Rio Preto, da Brasil Rural TV e da ABCZ

 
O segundo dia da EXPO Rio Preto 2020-2021 – Edição Especial Julgamentos, nesta quinta-feira, 30 de setembro, no Recinto de Exposições ‘Alberto Bertelli Lucatto’, em São José do Rio Preto, é marcado pelo início dos julgamentos de pista das raças bovinas Nelore e Gir Leiteiro e de equinos Mangalarga Marchador. 
As provas do Nelore e do Gir Leiteiro serão transmitidas ao vivo pelos canais de Youtube da Prefeitura de Rio Preto (youtube.com/prefriopreto), da Brasil Rural TV (youtube.com/BrasilruraltvBR) e da ABCZ TV (https://www.youtube.com/user/abczuberaba). Não haverá transmissão das provas do Mangalarga Marchador. 
As raças bovinas Nelore e Gir Leiteiro são os primeiros zebuínos a serem avaliados na EXPO Rio Preto. Na parte da manhã, a programação tem início às 8h30, seguindo até o meio-dia. Na parte da tarde, o julgamento será das 14h às 18h.
Segundo Luiz Gustavo Garcia Ribeiro, presidente da Associação Paulista dos Criadores de Nelore (APCN), os julgamentos de Nelore e Nelore Mocho representam o reconhecimento do investimento em melhoramento genético feito por pecuaristas, tornando-se importante para a valorização do rebanho.
Os julgamentos do Nelore na EXPO Rio Preto envolvem cerca de 200 animais de grandes criadores de São Paulo - estado que concentra boa parte dos bovinos desta raça que brilham nas exposições agropecuárias -, além de Goiás, Minas Gerais e Espírito Santo. São fêmeas e machos a partir dos sete meses de vida, mas há também uma categoria especial, a Baby, dedicada a animais de até seis meses e 29 dias. Entre as novidades deste ano está a categoria Fêmea Matriz, voltada exclusivamente para a reprodução. 
A raça Gir Leiteiro, cujo torneio leiteiro foi concluído na quarta-feira, 29 de setembro, segue com a pista de julgamento nesta quinta-feira, 30 de setembro, envolvendo 110 animais, entre bezerras, novilhas e vacas de 8 a 144 meses. Na pista de julgamento serão analisados critérios como musculatura e base de sustentação, além de características específicas da raça voltadas à produção de leite.
 
 
Mangalarga Marchador
 
De volta à programação da Expo Rio Preto após hiato de mais de 10 anos, os julgamentos dos equinos da raça Mangalarga Marchador também começam nesta quinta-feira, 30 de setembro, envolvendo 120 éguas e cavalos de criadores de estados como Goiás, Paraná, São Paulo e Minas Gerais. 
Segundo Alvacir Cruz, presidente do Núcleo dos Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga Marchador, serão avaliadas a morfologia e a marcha do animal, envolvendo cinco categorias para éguas e cinco para cavalos, além de uma categoria específica para animais castrados.
O vencedor de cada categoria é classificado para a disputa nacional da raça, organizada pela Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador. Também são premiados o melhor cavalo e a melhor égua das cinco categorias, que receberão o título de Grande Campeão e Grande Campeã.
 
A Expo Rio Preto
 
Seguindo até o próximo domingo, 3 de outubro, a 58ª EXPO Rio Preto 2020-2021 – Edição Especial tem coordenação-geral da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, coordenação institucional da ACIRP (Associação Comercial e Empresarial de São José do Rio Preto) e a inédita coordenação das raças zebuínas pela ABCZ (Associação Brasileira dos Criadores de Zebu). Também conta com o apoio institucional da UNIRP (Centro Universitário de Rio Preto).
A 58ª edição é dedicada exclusivamente para julgamentos de raças, campeonato leiteiro e outras competições do setor. Em cumprimento às medidas sanitárias de combate à Covid-19, não haverá presença de público, sendo fechada para criadores.
 
Para mais opções de fotos da EXPO Rio Preto, acesse o álbum de fotos da Prefeitura no flickr