Portal Cavalus

Você sabia que 94 pontos é a nota mais alta no Bareback?

Rodeio Play

Você sabia que 94 pontos é a nota mais alta no Bareback?
Essa pontuação foi marcada apenas seis vezes na história do rodeio, incluindo as duas vezes de Tim O’Connell
 

Tricampeão mundial de Bareback pela PRCA, Tim O’Connell entrou para o livro de recordes da ProRodeo mais uma vez. Durante a etapa de Weatherford, Texas, no começo de abril, recebeu dos juízes a nota 94 logo após sua montaria em Gun Fire. Essa foi a sexta fez que a pontuação foi atribuída na história do rodeio nos EUA.
Experiente aos 29 anos, na PRCA desde 2012, Tim O’Connell sabia que tinha feito uma grande apresentação. Assim que desmontou de Gun Fire – que ele considera um cavalo acima da média – ficou de olho no placar aguardando sua nota. Sua expectativa tinha um motivo, que se confirmou logo em seguida: igualou novamente o recorde mundial no Bareback.
Aliás, ele mesmo marcou 94 pontos ano passado abordo de Stevie Knicks na etapa de San Angelo. Feitos que se juntam aos de outros quatro atletas: Wes Stevenson, 94 pontos em Cover Girl, etapa de Dallas 2002; Will Lowe em Sky Reach, rodeio de Omaha 2003, 94 pontos; Ryan Gray, 94 pontos em Grass Dancer, em Eagle 2009; e por fim, Tilden Hooper, em Big Tex, na cidade de Silver City em 2010, 94 pontos.
“Marcar duas vezes a maior nota do Bareback em minha carreira é, simplesmente, especial. Eu não sabia o que aconteceria nesse rodeio, mas sentia que algo de muito bom estava para acontecer. Além disso, uma conquista ao lado de muitos amigos e colegas da modalidade, comemorando comigo. Isso significa mais do que qualquer coisa”.
Tim O’Connell, de Zwingle, Iowa, tem quase US$ 2 milhões em ganhos em sua carreira no Bareback. São três títulos mundiais, de 2016 a 2018, assim como três vitórias na média da NFR (2016-18); e sete qualificações para a NFR (2014-20).
Fonte: ProRodeo
Crédito da foto: Divulgação

Fonte: Portal Cavalus